Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
Publicidades
 
 

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

PESTANA SÃO TOMÉ
OCEAN & SPA HOTE

Grupo Pestana em São Tomé garante a qualidade dos serviços aos seus clientes  

siga-nos no Facebook

https://www.facebook.com/SaoTomePestana

 

 

Consultor do Banco Mundial para o Projecto WACA instrui 15 profissionais são-tomenses 

18 Novembro 2019"É fundamental dispondo ferramentas de competências das actividades que vão fazendo para o seguimento e acompanhamento de realização das tarefas”, afirma consultor do Banco Mundial para o Projecto WACA António Lopes, referindo-se de todas as acções do projecto.

 Cerca de 15 profissionais dos diferentes sectores como, o Ambiente, a Capitania dos Portos, as Pescas, os Observatórios, a Meteorologia, habitação Civil e comité locais participaram na formação, durante uma semana, disse António Lopes no enceramento do curso que decorreu na última semana na Biblioteca Nacional de S. Tome e Príncipe no âmbito do projecto WACA.

O Projecto WACA visa reforçar a resiliência das comunidades das Zonas Costeiras em São Tome e Príncipe. O compacto do projecto regional envolve cinco países na costa africana.

O projecto insere-se ainda na acção de capacitação, informação e sensibilização de reforço institucional, que segundo António Lopes, Consultor do Banco Mundial para o Projecto WACA lembrando"uma das componentes em gestão do projecto teve como a motorização e avaliação do próprio projecto”.

“ é fundamental dispondo ferramentas de competências das actividades que vão fazendo o seguimento e o acompanhamento de realização de todas as tarefas e todas as acções do projecto”, sublinha.

O consultor afirma ainda que  "esses acompanhamentos não são uma tarefa só da unidade de gestão do projecto, mais de muitas outras entidades que são chamados actores do projecto".

 “todas essas entidades  são atores do projectos que foram capacitados para o cumprimento de recolha de informação de dados de motorização e seguimento para apoio á gestão e avaliação do projecto”, afirma António Lopes.

  Para este consultor todos os projectos do Banco Mundial, como o Banco Africano das entidades internacionais, exigem sobretudo os componentes de gestão de acompanhamento de recolha de dados de uma forma sistemática, para que se veja ao longo do desenvolvimento do projecto se “estivemos atrasados ou avançados”, sublinha. Pois, tendo adiantado que é uma ferramenta de gestão que procura a todos os actos desenvolvidos.

A formação foi planeada com algum tempo e foi de acordo com as regras internacionais e planeada para uma semana. De sete a oito horas de formação considerada  muito intensa.

Consultor do Banco Mundial para o Projecto WACA destacou o conteúdo de formação, tendo frisado, a componente teórica, os temas que foram abordados como os conceitos de monitorização e avaliação, e a planificação da monitorização. Os formandos aprenderam como planear a monitorização, os objectivos e as actividades específicas que cada um tem que fazer, seguidamente a forma de fluxo de informação: como é que está a sair informação de um determinado sector para outro.   

O. Soares        

 

 

 

   
 
 

 

CERVEJEIRAROSEMA 

 

   

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

   

   
     

 

   
 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140