Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
Publicidades
 
 

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

PESTANA SÃO TOMÉ
OCEAN & SPA HOTE

Grupo Pestana em São Tomé garante a qualidade dos serviços aos seus clientes  

siga-nos no Facebook

https://www.facebook.com/SaoTomePestana

 

 

São Tomé: Aurélio Martins defende que MLSTP-PSD deve formar governo

 

 23 Outubro de 2018 A coligação dos partidos que conquistou a maioria parlamentar nas últimas eleições, liderada pelo MLSTP, deve formar o novo governo, defendeu domingo o antigo presidente desta formação política da oposição, Aurélio Martins.

Entrevistado pela Angop, Aurélio Martins pediu ao actual Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho, para dar uma oportunidade ao MLSTP-PSD e à coligação da oposição de formar o governo com vista a aplicar o seu programa que plebiscitou na última campanha eleitoral.

“O Presidente da República é o magistrado supremo que deve sancionar a formação de um novo governo. E é pela sua decisão que o MLSTP-PSD e as outras formações políticas aguardam para formar um governo de coligação”, salientou.

Para si, o partido Acção Democrática Independente (ADI) do primeiro-ministro Patrice Trovoada não está em condições de formar o novo Executivo por ser a minoria no Parlamento.

Para fundamentar a sua posição, o político são-tomense lembrou que a “dado momento da sua governação, o MLSTP, estando nas mesmas condições em que está agora a ADI, formou um governo de iniciativa presidencial, mas aquele governo acabara por cair porque não tinha sustentação parlamentar”.

O Tribunal Constitucional já proclamou os resultados definitivos das últimas eleições legislativas, regionais e autárquicas de 07 de Outubro, confirmando os 25 assentos para a ADI, 23 para o MLSTP-PSD, cinco para a coligação PCD-UDD-MDFM e dois para o Movimento de Cidadãos Independentes, anunciados pela Comissão Eleitoral Nacional.

O principal partido da oposição e a coligação PCD-UDD-MDFM já anunciaram a intenção de se unir para formar governo, uma vez que juntos têm maioria absoluta.

A acontecer, os mesmos podem perfazer 28 deputados na Assembleia Nacional, obtendo a maioria absoluta, contra 25 da ADI, o que lhes dá a possibilidade de concretizar este desiderato.

Perante estes resultados, o Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho, vai agora decidir que partido deverá chamar para formar Governo, uma vez que nenhum obteve maioria absoluta no parlamento.

Aurélio Martins foi presidente do MLSTP do ano de 2015 a Maio de 2018, altura em que, juntamente com o chefe do então grupo parlamentar do seu partido, foi destituído pelos membros da sua formação política.

da redação com angop

 

 

 

 

 

   
 

 

CERVEJEIRAROSEMA 

 

   

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

   

   
     

 

   
 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140