Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
Publicidades
 
 

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

PESTANA SÃO TOMÉ
OCEAN & SPA HOTE

Grupo Pestana em São Tomé garante a qualidade dos serviços aos seus clientes  

siga-nos no Facebook

https://www.facebook.com/SaoTomePestana

 

 

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou um novo financiamento de 18,2 milhões de dólareAgua Grande por ser o espelho do país, necessita de uma cidade limpa e saúde para todos

- Afirma Presidente da Câmara Distrital de Agua Grande, José Maria da Fonseca

08 Outubro 2019 A cidade de São Tome e Príncipe já foi considerada uma das mais lindas e limpas capitais de África. Para que cidade suspire um ambiente sustentável, que os são-tomenses possam reviver num meio mais limpo, mais saúde e mais riqueza é preciso um trabalho de fundo.

A propósito disso, o Presidente da Câmara Distrital de Agua Grande, José Maria. Antes de tudo fez a questão que é necessário congregar esforços “nós queremos fazer um trabalho de fundo, que é, sensibilizar os nossos cidadãos, torná-los ávidos daquilo que é realmente a necessidade de obter uma cidade limpa”.

Depois de reconhecer a importância da preservação da Cidade limpa saúde para todos, autarquia de Agua Grande reúne esta segunda-feira na sala de reunião  com os representantes das confissões religiosas que operam ao nível de Agua Grande para que no momento de culto e missa, com os seus fieis religiosos,  desempenharem o papel na sensibilização das pessoas no que concerne a limpeza a higiene sobretudo a organização na gestão do resíduo sólido.

Os responsáveis das igrejas desempenham um papel preponderante, afirma este responsável, tendo sublinhado “, eles prometeram em cada sessão do culto introduzir uma parte de palavra que é da necessidade de “nós mantermos a nossa cidade limpa”, afirma José Maria    

José Maria está convicto que esta reunião vai sortir efeito positivo, porque havia confissões que já colaboraram no passado na limpeza da cidade que não eram de uma forma regular e agora segundo este responsável “nós estipulamos que no final de cada mês para uma limpeza geral na cidade capital”.

“ não estamos  a espera das pessoas que façam a limpeza para nós, porque fazemos a limpeza quotidiana”, lembrando "aquela limpeza de varrer as ruas todos os dias fazemos isto”, defende este responsável, alegando   “mas a limpeza de fundo carece de mais mãos, mais meios que possam fazer uma limpeza de fundo”, conclui.

O. Soares

 

 

 

 

   
 
 

 

CERVEJEIRAROSEMA 

 

   

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

   

   
     

 

   
 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140