Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
 
 
 

 

 

 

São Tomé suspeita de nova estirpe no país e prorroga situação de calamidade

30 .1. 2021 O Governo são-tomense suspeita que a nova estirpe do coronavírus do Reino Unido já está no país, devido ao aumento de 24 novos casos, e prorrogou por mais 15 dias a situação de calamidade na ilha de São Tomé.

"Infelizmente nós estamos notando uma subida de casos positivos de covid-19 desde o início do mês de janeiro e há suspeita de entrada no país da nova estirpe deste vírus que está a circular na Europa, nomeadamente no Reino Unido", disse hoje o ministro da Presidência do Conselho de Ministros.

Wando Castro lembrou que nas últimas semanas visitaram o país "muitos compatriotas" provenientes "do estrangeiro, sobretudo de Londres", admitindo, contudo que "para já tudo não passa de uma suspeita", devido ao país "não ter condições para definir ao certo se há, ou não, a existência dessa nova estirpe em São Tomé".

"Todavia estamos a trabalhar com a Organização Mundial da Saúde [OMS] e tão cedo as condições nos permitirem iremos enviar amostras para um laboratório de referência na África do Sul, a fim de determinar com certeza se existe ou não a possibilidade desta nova estirpe estar entre nós", explicou o também titular da pasta da Comunicação Social e Novas Tecnologias.

Nas últimas 48 horas, São Tomé e Príncipe registou mais 24 novos casos do novo coronavírus, aumentando a infeção para 1.245, indicou o Boletim Diário Covid-19 hoje divulgado pelo Ministério da Saúde.

O Conselho de Ministros decidiu na quinta-feira prorrogar a situação de calamidade por mais 15 dias.

A nova prorrogação termina em 15 de fevereiro, tendo o executivo anunciado igualmente o reforço de algumas medidas de prevenção.

"Sempre que houver algum indício de casos positivos em alguma turma de alguma escola todos os alunos desta turma entram em isolamento profilático e se verificarmos que há mais contágios toda a escola entrará em isolamento", referiu Wando Castro.

A administração pública continuará com o horário de funcionamento das 7:00 às 13:00, com exceção dos serviços essenciais, e as aulas do curso noturno serão retomadas a partir de segunda-feira.

Na ilha do Príncipe continua em vigor o estado de emergência em saúde pública até 05 de fevereiro.

O executivo está à espera dos resultados das medidas restritivas adaptadas conjuntamente com as autoridades regionais para definir novas estratégias a seguir, em "conformidade com a realidade no terreno".

Dos 24 casos de infeção pelo novo coronavírus registados nas últimas 48 horas, 13 foram registados hoje e todos em São Tomé.

Na ilha do Príncipe, onde está em vigor o estado de emergência, não foi notificado qualquer caso de infeção nas últimas 24 horas.

O boletim referiu ainda que o total de pessoas com covid-19 sob vigilância, em isolamento domiciliar, é de 209.

Na ilha de São Tomé está uma pessoa internada no hospital de campanha e 168 em isolamento domiciliar, enquanto na Região Autónoma do Príncipe, estão dois pacientes internados e 38 em isolamento domiciliar.

Nas últimas 24 horas foram consideradas recuperadas da doença oito pessoas, sendo sete em São Tomé e uma no Príncipe, totalizando 1.019 cidadãos.

De acordo com o mesmo documento oficial, não se registou qualquer óbito nas últimas 24 horas, mantendo-se 17 mortes devido à doença.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.191.865 mortos resultantes de mais de 101 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Lusa

 

 

 

 

   

 

 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140