Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
 
 
 

 

 

 

                    

África continua na fila de espera de acesso às vacinas contra Covid-19

 

03 .2. 2021 Mais de metade das vacinas mais promissoras para o combate à Covid-19 já foram compradas pelos países mais ricos, representando apenas 14% da população mundial. África está no fim da fila. Quem pode lucrar é a China.

Num estudo apresentado em dezembro, a rede de ONG The People's Vaccine Alliance, que congrega organizações de defesa dos direitos humanos como a Amnistia Internacional e a Oxfam, considera que cerca de 70 países em desenvolvimento só poderão vacinar uma em cada 10 pessoas este ano, com destaque para o continente africano.

Até agora, África encomendou previamente cerca de 900 milhões de doses. A consultora Economist Intelligence Unit (EIU) acredita que as vacinas não estarão disponíveis na maioria dos países africanos até abril de 2022, na melhor das hipóteses.

A Agência Africana de Controlo das Doenças (CDC) prevê que o continente precisará de pelo menos 1,5 mil milhões de doses para vacinar 60% da população.

A iniciativa COVAX espera entregar até ao fim deste ano, pelo menos 1,3 mil milhões de doses a 92 países de baixo rendimento, incluindo o continente africano. 

"Não queremos ser sempre os últimos"

A situação está a causar muita frustração. "Precisamos de ser independentes como continente e como país quando se trata de vacinas e produtos farmacêuticos. É uma tolice confiar nas nações ocidentais para questões médicas. Não queremos ser sempre os últimos em que pensam", defende o ministro da Saúde do Quénia, Mutahi Kagwe.

dmw

 

 

 

 

 

 

   

 

 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140