Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
 
 
 

 

 

 

                   

MLSTP-PSD anuncia em Março o seu candidato às presidenciais são-tomenses

 

16 .2. 2021O Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe -- Partido Social Democrata (MLSTP-PSD), principal partido no governo, anuncia em março o seu apoio a um dos cinco pré-candidatos do partido às eleições presidenciais são-tomenses, previstas para julho.

"O partido anuncia antes do final deste trimestre qual desses candidatos vai apoiar", disse à Lusa o secretário-geral do partido, Arlindo Barbosa.

"Concluímos um ciclo de auscultação a todos os pré-candidatos oriundos do partido a estas eleições. Vamos apresentar um relatório a Comissão Política e se até lá não houver desistência e eventualmente se mantiverem as cinco candidaturas, caberá ao Conselho Nacional deliberar", explicou Arlindo Barbosa.

Cinco pré-candidatos do MLSTP-PSD já manifestaram, por carta, à direção do MLSTP-PSD que pretendem concorrer as próximas eleições presidenciais e disputam agora o apoio direto do partido para o escrutínio.

Maria das Neves, antiga primeira-ministra e que já concorreu às presidenciais por duas vezes (2011 e 2016); Posser da Costa, antigo primeiro-ministro (janeiro de 1999 a setembro de 2001) e ex-presidente dos sociais-democratas; Jorge Amado, antigo presidente do partido; Elsa Pinto, ex-ministra dos Negócios Estrangeiros no atual Governo e também antiga candidata às presidenciais (2011) e Vítor Monteiro, militar de carreira, formam a lista de militantes deste partido candidatos às presidenciais.

"O MLSTP vai definir o seu apoio oficial a uma única candidatura no Conselho Nacional que vai decorrer antes de terminar este trimestre", disse Arlindo Barbosa.

De acordo com o secretário-geral dos sociais-democratas, a direção do MLSTP concluiu, há uma semana, dois dias de auscultações, em separado, aos pré-candidatos para definir a sua posição.

A auscultação tinha também por objetivo tentar persuadir alguns desses membros a desistir da corrida para evitar a dispersão de votos no ato eleitoral, mas ninguém se manifestou disposto a desistir, adiantou o mesmo responsável.

Por isso, o Conselho Nacional, órgão deliberativo do partido, com mais de 600 membros vai reunir-se para definir uma posição face à intenção de vários membros de disputarem a corrida à Presidência, ocupado por Evaristo Carvalho, cujo mandato termina a 03 de setembro próximo.

O MLSTP entende que esta quantidade de candidatos às presidenciais dentro do partido pode prejudicar os seus interesses nas próximas eleições presidenciais.

"Com várias candidaturas dentro do MLSTP-PSD não é bom para o eleitorado, mas é preciso saber que o partido é um património e ter essas candidaturas todas não é de se estranhar", reconheceu Arlindo Barbosa.

Acrescentou que "não cabe ao MLSTP-PSD indicar uma candidatura, mas sim apoiar uma que o partido ache que reúne as condições para servir o país".

"Vamos produzir o relatório, temos que convocar o Conselho, ainda estamos num estado de calamidade que impõe restrições decretadas pelo Govern. O nosso conselho nacional tem 600 membros, temos que adaptar as salas, mas estamos a fazer tudo para a reunião de realizar ainda neste trimestre", explicou o secretário-geral.

"Nos termos constitucionais em julho teremos eleições presidenciais e não vale a pena arrastarmos esse processo do candidato a ser apoiado por MLSTP-PSD até depois de março, pois fica tarde, até porque há toda a questão de organização, de mobilização de fundos e toda a logística que tem que se preparar para estas eleições", acrescentou.

por Lusa

 

 

 

 

   

 

 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140