Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
 
 
 

 

 

 

 Conselho Executivo do FMI conclui a segunda revisão do Acordo de Linha de Crédito Ampliado para a República Democrática de São Tomé e Príncipe

 

3.3. 2021A decisão do Conselho Executivo do FMI permite um desembolso imediato de cerca de USS 2,73 milhões a São Tomé e Príncipe para ajudar a atender ás necessidades de financiamento do país, apoiar os gastos sociais e a recuperação pós-pandemia.

As acções das autoridades e o apoio financeiro internacional sem precedentes estão ajudando o país a enfrentar a emergência, mas ainda existem desafios económicos profundos.

 

O acordo ECF continua a apoiar os esforços do governo para restaurar a estabilidade macroeconómica, reduzir a vulnerabilidade da dívida e criar as bases para um crescimento mais forte e inclusivo.

 

O Conselho Executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI), concluiu hoje a segunda revisão do acordo do estender crédito facilitador para São Tomé e Príncipe. A decisão do Conselho, permite o desembolso imediato de DES1.90 milhão (cerca de US S 2,273 milhões), isto eleva os desembolsos totais de São Tomé e Príncipe ao abrigo do acordo para DES 7.19 milhões (cerca de US S 10.34 milhões).

O acordo ECF de São Tomé e Príncipe de 40 meses, foi aprovado em 2 de Outubro de 2019 por DES 13,32 milhões (cerca de US S 18,15 milhões, ou cerca de 90% da cota do país.

 

Ver o comunicado á imprensa nº 19/363 ( https://www.imf,org/en/News/Articles/2019/10/02/pr19363-saotome-and-principe-imf-executive-board-approves-new-ecf-arrangement). O programa visa apoiar o programa de reforma económica do governo para restaurar a estabilidade macroeconómica, reduzir a vulnerabilidade da dívida, aliviar as pressões da balança de pagamentos e criar as bases para um crescimento mais forte e inclusivo.

 

A primeira revisão, foi concluída em Julho de 2020, com um desembolso de cerca de US S 2,67 milhões e, ao mesmo tempo, um aumento do acordo ECF de US S 2,08 milhões foi aprovado pelo Conselho Executivo do FMI .

Em Abril de 2020, o Conselho Executivo também aprovou o financiamento de emergência de US S 12 milhões para São Tomé e Príncipe no âmbito da Facilidade de Crédito Rápido (RCF) e alívio do serviço da dívida do FMI  no âmbito do Fundo de Contenção de Alivio de Catástrofes, ( CCRT) para atender ás necessidades de financiamento externo decorrentes de a pandemia COVID-19, ( ver Comunicado á Imprensa nº20/179 (https://www.imf.org/en/News/Articles/2020/04/21/imf-executive-board-approves-us-12m-disbursement-to-address-the-covid19-pandemic).

 

 Fonte: Washington DC

 

 

 

 

   

 

 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140