Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
 
 
 

 

 

 

Governo são-tomense pede continuação de ajuda internacional contra a doença

 

29.3. 2021

O Governo são-tomense pediu à comunidade internacional para continuar a ajudar o país na luta contra a pandemia de covid-19, que afeta o arquipélago desde meados de março do ano passado, quando foram detetados os primeiros casos.

"A luta ainda não terminou, portanto nós continuamos a contar com todo apoio dos nossos parceiros", pediu a ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades, Edite Tenjua, na abertura de um ciclo de palestras internacionais `online`, sob o tema "O impacto da covid-19 nas relações entre São Tomé e Príncipe e os demais povos".

A chefe da diplomacia considerou que a pandemia, que implicou novos hábitos como a higienização das mãos, uso obrigatório de máscara, distanciamento social, culminando na implementação do programa de vacinação, foi "uma grande jornada" para os são-tomenses.

"Foi um aprendizado para todos nós e um desafio que ainda estamos a vivenciar", sublinhou a governante, reconhecendo que essa jornada "foi tornada possível pela ação do Governo e os nossos parceiros de cooperação bilateral e multilateral", aos quais expressou "um profundo agradecimento".

O Governo pretende com este ciclo de palestras "resgatar e promover reflexões que visem contribuir para o processo do saber".

A ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades reconheceu que o Governo ainda "não sabe tudo" sobre a pandemia de covid-19, que representa para o país "grandes desafios".

"E naturalmente que este tipo de reflexão tem também que incluir os nossos parceiros de desenvolvimento e incluir os nossos concidadãos da diáspora e todos aqueles que são amigos de São Tomé e Príncipe", explicou Edite Tenjua.

A chefe da diplomacia são-tomense defendeu que "nesta nova era" a solidariedade "ganha uma nova dimensão".

"Uma nova dimensão, seja ela na perspetiva individual, mas sobretudo no contexto global internacional onde essa solidariedade passa a ter contornos de uma cooperação necessariamente mais concertada", referiu a ministra.

Edite Tenjua explicou que os resultados deste ciclo de palestras "serão remetidos às diferentes esferas decisivas com vista à sua materialização".

Lusa

 

 

 

 

   

 

 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140