Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail:jornaltropical05@hotmail.com / tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
 
 
 

 

 

SIBS assegura pagamentos com cartões Visa e Mastercard em São Tomé e Príncipe

3 .5. 2021 A SIBS - Sociedade Interbancária de Serviços vai permitir a São Tomé e Princípe usar cartões de débito e crédito das marcas Visa e Mastercard e pagar impostos e faturas nas desigandas caixas de multibanco.

"Temos agora uma nova plataforma de pagamento a retalho da Rede Dobra24, com um novo sistema central de processamento das transações, novos aplicativos bancários, novas gamas de serviços de outras entidades, novos cartões para clientes, novos terminais ATM e POS, e incorporando a aceitação, já nesta primeira fase que hoje iniciamos, a utilização de cartões de débito e crédito da marca Visa, sendo que o da marca Mastercard será aceite a partir do segundo semestre de 2021", afirma o governador do Banco Central de São Tomé e Príncipe (BCSTP), Américo Barros, citado na nota.

Assim, "graças à SIBS foi possível tornar realidade este estruturante projeto", sustenta o responsável do banco central são-tomense.

Segundo Américo Barros, "com a inauguração desta plataforma, o país fica mais aberto ao mundo, tendo em conta que os visitantes e viajantes já podem usar os cartões internacionais da marca VISA e, assim, com o turismo e serviços, o país angariar mais divisas necessárias para alavancar o processo de desenvolvimento económico e social do arquipélago."

A SIBS diz, no comunicado, que foi selecionada pelo Banco Central de São Tomé e Príncipe e a SPAUT para o desenvolvimento e evolução do sistema de pagamentos naquele país e que vai assegurar "o desenvolvimento e operacionalização da plataforma para suportar o sistema de pagamentos nacional".

Um sistema gerido pela SPAUT, sociedade interbancária daquele país, e com o apoio do Banco Central.

A solução, "introduz ainda novos serviços de pagamento e a interoperabilidade com os principais sistemas de pagamento internacionais", adianta a empresa.

A SIBS salienta ainda que com aquela plataforma e com a sua capacidade tecnológica e `know-how`, em colaboração com o banco central e os principais bancos a operar no mercado são-tomense, irá contribuir para "níveis acrescidos de performance, resiliência e segurança, bem como acelerar a inovação e a digitalização naquele mercado", em linha com o que a empresa já tem feito "no processamento de infraestruturas críticas em vários outros mercados onde está presente".

A plataforma da SIBS, além de permitir o processamento interbancário e omnicanal de uma forma integrada bem como multisistema de pagamento, passa a processar também todas as operações realizadas nos Caixas Automáticos e nos Terminais de Pagamento Automático (TPA) do país.

Deste modo, garante "não só o processamento do sistema de pagamentos doméstico, o Dobra24, mas também a ligação e processamento dos sistemas internacionais, como é o caso da Visa e da Mastercard", especifica.

Por outro lado, assumirá também "um papel determinante na emissão e personalização de cartões bancários no mercado", adianta a empresa no comunicado.

A plataforma SIBS suportará, assim, as principais funcionalidades disponíveis nos ATM da Rede Dobra24 - levantamentos, alteração de PIN, consulta de saldo, consulta de NIB, consulta de movimentos de conta e transferências -, e permitirá introduzir novos serviços de pagamento, como o pagamento de impostos e de serviços, em particular das faturas de água e eletricidade ou carregamentos de telemóvel, explica na nota.

"O que se espera ser um fator importante na modernização e digitalização do país", sublinha.

"A SIBS tem por missão contribuir ativamente para a digitalização dos pagamentos, não só na Europa, mas também com foco os países em desenvolvimento, onde esta digitalização tem um contributo ainda mais visível na inclusão e no acesso a serviços", refere a empresa.

No caso de São Tomé e Príncipe, as soluções "irão suportar o sistema de pagamentos do país, à escala nacional", o que a SIBS encara "com responsabilidade e compromisso, mas também como um reconhecimento da nossa capacidade e robustez tecnológicas, e do valor acrescentado da nossa colaboração", sublinha Madalena Cascais Tomé, CEO da SIBS, citada no comunicado.

"As soluções SIBS servem clientes em vários mercados e países em desenvolvimento, estando presente em três dos principais cinco mercados em África, e também na Ásia. A SIBS tem um `track record` assinalável no desenvolvimento de plataformas e sistemas de pagamento a nível nacional, integrados e multicanal, com mais de um bilião e meio de transações em quase um milhão de terminais de pagamento", referiu a presidente executiva da empresa.

Com Lusa

 

 

 

 

   

 

 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140