IMG-LOGO
   

            

 

 

 

Projecto WACA lança 1ª pedra para construção de uma escola primaria em Santa Catarina

 

 

O Governo de São Tomé e Príncipe através do projecto WACA, lançou nesta quinta-feira a 1ª pedra para construção de uma escola primária no distrito de Lemba, concretamente em Santa Catarina situada ao norte do país, com financiamento do Banco Mundial.

 

A Ministra de Educação, e Ensino Superior, Dra. Julieta Rodrigues, acompanhada da sua equipa de trabalho,  foi quem presidiu a cerimónia do lançamento desta infra-estrutura, tendo sublinhado que, hoje viemos lançar a primeira pedra de uma escola na Zona de Expansão Segura, para nós trás grande satisfação”, lembrando que “Isto é uma valia porque a comunidade de Santa Catarina está a crescer”.

Com a abertura do ano lectivo o governo já criou as condições sanitárias em todas as escolas de São Tome e Príncipe, face ao problemática de Covid-19.  Segundo Julieta Rodrigues, tutelar da pasta de educação que referiu, com apoio do parceiro, a UNUCEF “ temos pontos de lavagens em todas as escolas, tanto básicas como secundaria, inclusive  em Santa Catarina, beneficiada de equipamentos sanitárias para as questões das higienização”.

 

 

Disse ainda este governante, a nossa expectativa é levar a qualidade em todas as escolas, que de facto  pediu a colaboração de todas os pais e encarregado de educação, a sociedade civil, alegando “ a educação faz-se com todos, que a arma mais poderosa para desenvolvimento é a educação” por isso defende investimento na educação.

O presidente da Câmara de Lemba disse que a comunidade de Santa Catarina o  numero crescente de crianças vai aumentando, com este empreendimento vai ajudar esta a comunidade. E, tendo relatado que vai acompanhar de perto a obra como fiscal, até o término de forma ajudar o governo.

 

 

Silvino Mendes do Projecto WACA, disse que a construção desta infra-estrutura, enquadra-se no processo de estruturação da Zona de Expansão Segura, com vista de na deslocação das pessoas e famílias que se encontram na zona de risco, provocadas pela Alterações Climáticas.

Octavio Soares