IMG-LOGO
   

            

 

 

 

 

SãoTomé e Príncipe em exercícios para melhorar segurança em Golfo de Guiné

São omé e Príncipe participa até dia 6 de Novembro de 2021 em exercícios navais conjuntos para melhorar segurança no Golfo da Guiné. Os exercícios são coordenados pela marinha francesa. LUSA - ESTELA SILVA

Nos  próximos dias,  São  Tomé  e  Príncipe  será palco  de exercício internacional  naval  e aéreo  denominado "GRAND AFRICAN  NEMO 2021”, promovido  pela  marinha francesa. O  objectivo  é  melhorar  a  capacidade  dos  países do  Golfo da Guiné no combate  a acções  terroristas no   citada região. Nos  últimos  tempos acções  terroristas  têm  aumentado  no Golfo  da  Guiné , sobretudo  o tráfico de drogas. 

Os  exercícios  militares  conjuntos vão  envolver meios  aéreos  e  marítimos de alguns  países, nomeadamente dos Estados  Unidos  da  América, França,  Inglaterra  e de  países do  Golfo da  Guiné.

A acção prevê vários cenários, designadamente, o  combate  ao tráfico de  drogas e  de armas.

 Segundo o  Chefe de Estado Maior das Forças Armadas de São Tomé e Príncipe, brigadeiro Idalécio  Pachire,  os   referidos s exercícios  aumentam a  capacidade dos  exércitos envolvidos,  para  a melhoria  da segurança  marítima no Golfo  da Guiné.

" Temos  que trabalhar em  conjunto  para  que  tenhamos  uma  doutrina única", disse o responsável militar.

 Por seu lado  Mikel  Managem, primeiro  tenente do  exército  santomense,  referiu-se ao exercício  como sendo de  de  importância capital para São  Tomé e  Príncipe.

" Iremos  entrar com alguns  meios  disponíveis ,  como o  navio  Zaire  da  marinha  portuguesa destacado  em  São Tomé  e  Príncipe" , sublinhou Managem.

Os  exercícios navais conjuntos no Golfo da Guiné, terminam a 6 de Novembro de 2021.

RFI