Contacto -: +239  9923140 -jornaltropical05@hotmail.com

 

 

 

  

 

 

Apresentação do livro “Manuel” de João Gomes da Silva na

 UCCLA

 

 

Uma história verídica, contada com sentimentos e muitas reflexões sobre o sentido da vida, será apresentada no dia 26 de setembro, às 18h30, no auditório da UCCLA. João Gomes da Silva traz-nos “Manuel”, uma declaração de amor a um filho.

Com a chancela da Guerra e Paz Editores, a obra será apresentada por Laurinda Alves. A obra conta com o prefácio de Pedro Castro e Almeida e posfácio de Carolina Leite, irmã do Manuel.

A apresentação do livro será transmitida em direto através da página do Facebook da UCCLA em https://www.facebook.com/UniaodasCidadesCapitaisLinguaPortuguesa

Sinopse:

Aos 40 anos, descobrimos que vamos ser pais outra vez. Umas semanas depois, confirma-se que o futuro bebé tem Trissomia 21 (síndrome de Down) e ainda lhe diagnosticam uma malformação cardíaca muito grave.

Passam-nos para a mão a decisão de continuar ou interromper a gravidez. A escolha é nossa, mas entregam-nos logo as declarações para pôr termo a tudo.

Sofremos, sofremos e sofremos, e decidimos que a vida dele não terá sentido. Avançamos para a interrupção. Chegamos à sala do hospital e vemos um comprimido. Olhamos para ele e ele fica na mesa. Vamos embora.

A nossa vida acaba de mudar para sempre. Só que muda para melhor.

Esta é a história de uma família e de uma comunidade, a próxima e a alargada, vista pelos olhos de quem tem de fazer uma escolha, inevitável para uns, impossível para outros.

Esta é a história verídica do nascimento do Manuel, que foi escrita como uma declaração de amor a um filho

Biografia:

João Gomes da Silva nasceu em Lisboa, Portugal, em 1973. É casado, e vive com cinco filhos e duas enteadas, sendo o Manuel o seu filho mais novo. Foi professor universitário durante dez anos e, há quase 25 anos, é advogado de profissão. Colabora o mais regularmente que pode com a Associação VilacomVida e com os Cafés Joyeux de Portugal, cafés inclusivos que visam a integração de jovens com perturbações de desenvolvimento intelectual, e que estão a contribuir para transformar o olhar do mundo para a diferença.
Anabela Carvalho

Assessora de Comunicação