Contacto -: +239  9923140 -jornaltropical05@hotmail.com

 

 

LUSOFONIA I ​Associação Internacional de Jovens Advogados de Língua Portuguesa celebra 2º aniversário

 

Lisboa, 24  de Outubro de 2022 –   A Associação Internacional de Jovens Advogados de Língua Portuguesa (JALP) comemora, esta sexta-feira, 28 de Outubro, o seu segundo ano de existência, com a organização de um workshop e de um jantar, no Word of Wine, no Porto. No evento, serão distinguidas diversos advogados, personalidades e entidades, que se destacaram ao longo do ano em curso, nas categorias de associado efetivo, associado coletivo, associado honorário, comissão especializada e personalidade lusófona.

 

Com início previsto pelas 19 horas,  o workshop “A quadratura do Vinho”, reúne três personalidades do mundo jurídico, respetivamente, Alberto Ribeiro de Almeida, Doutorado em Direito Comercial, Tito Arantes Fontes, Sócio da Uria Menendez e António Vicente Marques, Sócio Fundador da AVM Advogados, bem como Alejandro Chávarro, renomado sommelier e fundador do Restaurante Arkhe,  em torno do tema central – o vinho –,numa conversa moderada por Tiago Felgar, Diretor Comercial da Essência do Vinho.


A JALP conta actualmente com mais de 350 associados, oriundos dos países e jurisdições de língua portuguesa, Angola, Brasil, São Tomé e Príncipe, Moçambique, Guiné-Bissau, Macau e Timor, para além de Portugal. 

De acordo com a organização, o mandato que agora termina permite fazer um balanço muito positivo no que concerne à consolidação da associação no panorama jurídico lusófono, havendo planos para novos projectos de crescimento e descentralização no horizonte a curto prazo, com vista à aproximação da JALP aos seus associados, sem desvirtuar o espírito que caracteriza a associação.

A JALP afirma-se como um pólo agregador e uma voz ativa e intransigente das inquietações e interesses dos advogados ou advogados estagiários inscritos em diversos países que integram a Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP). Com sede em Portugal, a JALP quer ter um papel relevante no enquadramento dos jovens advogados no contexto jurisdicional lusófono e no movimento linguístico-cultural onde se insere.

A Direcção da JALP é composta por Francisco Goes Pinheiro (presidente) Márcia Martinho da Rosa e José Briosa e Gala (vice-presidentes), Natália Campos Rocha (vogal), João Luz Soares (vogal), Ricardo Henrique Tomás (vogal) e Raquel Soares Lourenço  (secretária-geral). Integra a Mesa da Assembleia Geral, Manuel Ferreira Mendes (presidente), Carlos Eduardo Coelho (vice-presidente) e Maria Inês Costa (secretária). O Conselho Fiscal é composto por Catarina Fernandes (Presidente), José Borges Guerra (Vice-Presidente) e Barros Gaspar Simão (Vogal).

Podem fazer parte da JALP quaisquer advogados ou advogados estagiários inscritos nas respetivas ordens profissionais de qualquer país da CPLP, desde que a inscrição definitiva não tenha ocorrido há mais de vinte anos.

Podem, ainda, integrar a JALP os membros honorários e coletivos, sendo os primeiros, advogados que se notabilizaram no exercício da profissão ou no contexto da CPLP e os associados coletivos, as entidades que desempenhem um papel de relevo nas jurisdições anteriormente referidas ou que prossigam interesses comuns ou similares aos prosseguidos pela associação.

A Associação Internacional de Jovens Advogados de Língua Portuguesa visa ainda a proteção da língua portuguesa no contexto da profissão de advogado e o futuro dos advogados e advogados estagiários na CPLP.


Gabinete de Imprensa

Rogério Bueno de Matos

Ana Clara Quental