Contacto -: +239  9923140 -jornaltropical05@hotmail.com

 

Novo Governo de São Tomé e Príncipe promete pagar salários e corta em viagens

 

O novo Governo de São Tomé e Príncipe constatou na sua primeira sessão de Conselho de Ministros que a situação financeira do país é preocupante e decidiu pela contenção de despesas. O executivo instou mesmo os membros dos órgãos de gestão de administração pública que se encontram em missão oficial de serviço no estrangeiro a regressar até ao próximo sábado, dia 19.

O Conselho de Ministros decidiu suspender todas as viagens ao exterior dos funcionários públicos, financiadas com  fundos públicos, quer sejam do tesouro público, quer sejam das empresas públicas ou de institutos públicos autónomos. As situações excepcionais serão analisadas e autorizadas pelo ministro da tutela. Este controlo fica a dever-se à actual situação das finanças públicas do país.

O pagamento dos salários dos funcionários públicos foi uma das prioridades deste novo governo liderado por Patrice Trovoada, com o novo Governo a pedir ao Ministério das Finanças que pague os salários em atraso.Outra medida adoptada, prende-se com a proibição de circulação de viaturas do Estado fora das horas normais de expediente, exceptuando-se alguns serviços como os de protecção civil e de emergência.

As viaturas dos serviços da administração do Estado, excluindo as de expediente, serão parqueadas, findo o  horário de funcionamento.

Entretanto, Raúl Cravid, é o novo secretário-geral de Segurança Interna em substituição de João Alvim. A unidade de protecção dos dirigentes UPDE, passa agora a ser dirigida pelo superintendente Isildo Triste em substituição Gastão  Alves .

No que diz respeito à comunicação social, o Governo decidiu nomear João Ramos para o cargo de director da  televisão santomense e Mateus Ferreira para dirigir a Rádio  Nacional cumulativamente com as funções  de  director  da  STP PRESS. Cessaram as suas  funções José Bouças, director da TVS, Manuel  Barros, director da Rádio Nacional e Ricardo Neto, director da STP-PRESS.

Rfi