Director: Octávio Soares - Contacto: 00239 9923140 - E-mail: tropical05@hotmail.com - www.jornaltropical.st

 
 
Publicidades
Afriland First BanK- O Banco de confiança

Programa de Apoio Participativo à Agricultura Familiar e Pesca Artesanal (PAPAFPA)
 
Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

siga-nos no Facebook

 https://www.facebook.com/SaoTomePestana

 


São Tomé e Príncipe faz progressos no combate ao

 paludismo

 8.12.2014 São Tomé e Príncipe vai entrar na fase de pré-eliminação do paludismo, depois de cumprir antes do prazo as metas do seu Plano Nacional de luta contra a doença, anunciou o diretor do Centro Nacional de Endemias, Arlindo Carvalho.

Numa avaliação parcelar da doença no arquipélago, Arlindo Carvalho disse que as metas do Plano Nacional de Luta contra o Paludismo (PNLP 2012-2016) que deveriam ser atingidas em cinco anos foram cumpridas antes do final previsto, obrigando as autoridades sanitárias à sua reformulação.

“Os resultados foram bastante satisfatórios; nós cumprimos as metas estabelecidas e atingimos, já em 2014, as metas que tínhamos proposto para 2016, o que implica uma reelaboração dos objetivos das metas a serem atingidas em 2016”, precisou.

Segundo dados divulgados na avaliação de meio percurso da doença, a última fatalidade de paludismo foi registada em 2005, mas tem havido alguns casos da doença na ilha do Príncipe de sete mil habitantes.

“No Príncipe, o objetivo era não haver óbito. E em mil pessoas haver apenas um doente, eles cumpriram esta meta e é preciso que se trabalhe para a eliminação”, disse.

Já na ilha de São Tomé, diz Arlindo Carvalho, havia no início do projeto de luta contra o paludismo no arquipélago “60 mil casos ano”.

O médico revelou, por outro lado, que os resultados do terceiro trimestre de 2014 apontam para mil e 655 doentes, tendo referido ainda que as tendências mostram que a recrudescência não atingirá os dois mil casos este ano.

Segundo as autoridades sanitárias, estes dados apontam para os melhores resultados alcançados nos últimos 40 anos, desde que o arquipélago iniciou a luta contra o paludismo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) parabenizou São Tomé e Príncipe pelos ganhos obtidos e reiterou a sua disponibilidade de continuar a ajudar o país na eliminação da doença. Da redação com pana

 

 
 
 
 

 

CERVEJEIRA ROSEMA 

 

   

Transferir STome_logo_cmyk.jpg (1075,9 KB)

   

   
Câmara Distrital de Água Grande    

LUMEN  CRISTO Limitada 

 
 
 
Jornal Tropical | Todo Direito reservado | Av. Marginal 12 de Julho | São Tomé e Príncipe | jornaltropical05@hotmail.com - 00239 9923140